Novidades 30/04/2013
 
Casa nova

Hospedado por Estado Virtual
Mais uma mudança, após alguns dias fora do ar, novamente realizamos a mudança de moradia.

Estamos hospedados em um quarto de luxo pela empresa Estado Virtual.

A recepção foi boa, e pelo porte da empresa vemos que não teremos com o que nos preocupar.

Um grande abraço a todos.

Pens@dor - WebMaster
 

Últimas 15 Histórias de Amor
 
» **********
» AMOR PROIBIDO
» Soneto horroroso
» TALVEZ
» Sheila Frances. te amo 2
» te amo eternamente 2014
» te amo eternamente 2014
» Soneto
» Soneto
» Por amor
» o reencontro triste
» Sheila Frances. te amo
» " A beleza conquista os corações "
» amigos amigo tu la e eu ca
» DESTINO DE DUAS ALMAS
 

Último Pensamento
 
Amanhã! — é o sol que desponta, É a aurora de róseo fulgor, É a pomba que passa e que estampa Leve sombra de um lago na flor. Amanhã! — é a folha orvalhada, É a rola a carpir-se de dor, É da brisa o suspiro, — é das aves Ledo canto, — é da fonte — o frescor. Amanhã! — são acasos da sorte; O queixume, o prazer, o amor, O triunfo que a vida nos doura, Ou a morte de baço palor. Amanhã! — é o vento que ruge, A procela d'horrendo fragor, É a vida no peito mirrada, Mal soltando um alento de dor. Amanhã! — é a folha pendida. É a fonte sem meigo frescor, São as aves sem canto, são bosques Já sem folhas, e o sol sem calor. Amanhã! — são acasos da sorte! É a vida no seu amargor, Amanhã! — o triunfo, ou a morte; Amanhã! — o prazer, ou a dor! Amanhã! — o que val', se hoje existes! Folga e ri de prazer e de amor; Hoje o dia nos cabe e nos toca, De amanhã Deus somente é Senhor!
 
Autor:
Enviado: Caio
 

 

Grandes Imortais
 
Carlos Drummond de Andrade
Poeta e prosador brasileiro (Itabira, MG, 1902 – Rio de Janeiro, 1987). Poesia complexa e profunda, de múltiplas facetas: a visão de um universo grotesco, a tristeza e horror à vida, o senso de solidariedade humana, a luta pela expressão. Em gênero mais leve, como a crônica, revela, ora com desencanto, ora com espírito satírico, minuciosa observação do cotidiano. Tem sido traduzido para várias línguas. Obras principais: poesia — Alguma poesia (1930), Brejo das almas (1934), Sentimento do mundo (1940), José (1942), A rosa do povo (1945), A paixão medida (1981), Corpo (1984); crônicas —Contos de aprendiz (1951), Fala amendoeira (1957), Cadeira de balanço (1966), O poder ultrajovem (1972)
 


Datas Comemorativas
 
Qui. 27/08 Dia do Psicólogo
Sex. 28/08 Dia Nacional do Bancário
Sex. 28/08 Dia do Filósofo
Sex. 28/08 Dia Nacional do Voluntariado
Sex. 28/08 Dia do Avicultor
Sáb. 29/08 Dia Nacional de Combate ao Fumo
Dom. 30/08 Dia do Vendedor Lojista
Seg. 31/08 Dia do Nutricionista
Ter. 01/09 Dia do Prof. de Ed. Física
Ter. 01/09 Dia da Bailarina
Ter. 01/09 Início da Semana da Pátria
Qua. 02/09 Dia Internacional do Livro Infantil
Seg. 07/09 Dia da Independência
Qua. 09/09 Dia do Administrador
Qua. 09/09 Dia do Veterinário
Qui. 10/09 Dia da Imprensa
 


Mural de Recados
 
Mensagem para: ..
Preciso ver seu rosto, não faça isso por favor, não vivo sem você!
..
 

Últimos 15 Poemas
 
» Meu amor ainda é teu
» O NATURAL!!!
» CONTRATEMPO
» Eu Te Amo ( Para Sempre)
» Esperei por ti meu bem
» DECLARAÇÃO DE AMOR!
» Hoje começa o fim de mais um dia
» Caricias de vinho
» INSONE SAUDADE
» NÃO QUERO SOFRER DE NOVO
» JUNTINHOS ENFIM
» Insensatez
» QUISERA EU
» O que nos move?
» EXTASIADO
 


© Copyright 1998 - 2015 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.