Novidades 30/04/2013
 
Casa nova

Hospedado por Estado Virtual
Mais uma mudança, após alguns dias fora do ar, novamente realizamos a mudança de moradia.

Estamos hospedados em um quarto de luxo pela empresa Estado Virtual.

A recepção foi boa, e pelo porte da empresa vemos que não teremos com o que nos preocupar.

Um grande abraço a todos.

Pens@dor - WebMaster
 

Últimas 15 Histórias de Amor
 
» Lição de uma vida #1
» um até logo...
» amigo distante
» amizade ah distancia
» Historia de amor
» A vida é uma viagem de trem
» um simples jesto
» A Primeira Página
» Vergamotas ensandecidas
» " MAR DE LÁGRIMAS "
» Carta de amor
» eu madame fulana de tal//**//**//**
» NOSSA HISTÓRIA, NOSSA VIDA.
» "NOSSO SONHO DE AMOR "
» coração
 

Último Pensamento
 
SOLITÁRIO Como um fantasma que se refugia Na solidão da natureza morta, Por trás dos ermos túmulos, um dia, Eu fui refugiar-me à tua porta! Fazia frio e o frio que fazia Não era esse que a carne nos conforta... Cortava assim como em carniçaria O aço das facas incisivas corta! Mas tu não vieste ver minha Desgraça! E eu saí, como quem tudo repele, -- Velho caixão a carregar destroços -- Levando apenas na tumba carcaça O pergaminho singular da pele E o chocalho fatídico dos ossos!
 
Autor:
Enviado: Caio
 

 

Grandes Imortais
 
Pablo Neruda
Pablo Neruda (Neftalí Ricardo Reyes Basoalto), foi um poeta chileno, um dos mais importantes poetas da língua castelhana do século XX, nascido em Parral (Chile) no dia 12 de Julho de 1904, Filho de José del Carmen Reyes Morales, operário ferroviário, e dona Rosa Basoalto Opazo, professora primária, morta quando Neruda tinha um mês de vida. Cônsul do Chile na Espanha (1934-1938) e no México, eleito senador em 1945, foi embaixador na França (1970). Suas poesias da primeira fase são inspiradas por uma angústia altamente romântica. Passou por uma fase surrealista. Tornou-se marxista e revolucionário, sendo, primeiramente, a voz angustiada da República Espanhola e, depois, das revoluções latino-americanas. Faleceu em Santiago (Chile) no dia 23 de Setembro de 1973.
 


Datas Comemorativas
 
Qua. 23/04 Dia do Escoteiro
Qua. 23/04 Dia Mundial do Livro e do Direito Autoral
Qui. 24/04 Dia Internacional do Jovem Trabalhador
Sex. 25/04 Dia do Contabilista
Qui. 01/05 Dia Mundial do Trabalho
Qui. 01/05 Dia da Literatura Brasileira
Sex. 02/05 Dia Mundial das Vocações
 


Mural de Recados
 
Mensagem para: mil lagrimas
essa noite não dormir, essa noite eu chorei e contei cada lagrima que derramei. mil lagrimas. eu chorei por que te amo e não sou amada, chorei por que te quero mas vc nao me quer, chorei por que você de mim nao sai. mas chorei por que mil lagrimas derramei e derrramarei mais mil por você.
raiza guedes
 

Últimos 15 Poemas
 
» flor
» sera q existe alguma esperança
» voce
» A como eu queria
» Lágrimas
» cantadas
» Não me olhe assim
» BANHO DE CHUVA
» Amor guardado
» AMOR E JARDIM
» ACABOU
» Por que não eu ?
» Em um Barzinho Qualquer
» MOMENTOS, SONHOS, PALAVRAS!!!
» A DELIRAR.
 


© Copyright 1998 - 2014 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.