Novidades 30/04/2013
 
Casa nova

Hospedado por Estado Virtual
Mais uma mudança, após alguns dias fora do ar, novamente realizamos a mudança de moradia.

Estamos hospedados em um quarto de luxo pela empresa Estado Virtual.

A recepção foi boa, e pelo porte da empresa vemos que não teremos com o que nos preocupar.

Um grande abraço a todos.

Pens@dor - WebMaster
 

Últimas 15 Histórias de Amor
 
» AMOR PROIBIDO
» Soneto horroroso
» TALVEZ
» Sheila Frances. te amo 2
» te amo eternamente 2014
» te amo eternamente 2014
» Soneto
» Soneto
» Por amor
» o reencontro triste
» Sheila Frances. te amo
» " A beleza conquista os corações "
» amigos amigo tu la e eu ca
» DESTINO DE DUAS ALMAS
» nao vivo sem voce
 

Último Pensamento
 
vcs sao assim e culpa do marido de vcs.
 
Autor:
Enviado: florianno
 

 

Grandes Imortais
 
Manuel Antônio Álvares de Azevedo
(São Paulo SP, 1831 - Rio de Janeiro RJ, 1852) Cursou Letras no Imperial Colégio de D. Pedro II, no Rio de Janeiro, e em 1848 matriculou-se na Faculdade de Direito de São Paulo. Nos anos seguintes, redigiu os poemas do romance A Noite na Taverna, o drama Macário e ensaios literários sobre Bocage, George Sand e Musset. Em 1849, discursou na sessão acadêmica comemorativa do aniversário da criação dos cursos jurídicos no Brasil. Três anos depois faleceria, sem chegar a concluir a faculdade. Sua obra, que abrange também os poemas da Lira dos Vinte Anos e a prosa do Livro de Fra Gondicário, foi reunida e publicada em 1942. Álvares de Azevedo é um dos principais nomes da segunda geração do romantismo brasileiro. Seus poemas, impregnados do spleen de românticos como Byron e Musset, tratam principalmente da morte e do amor, este freqüentemente idealizado. Outro traço importante da poesia de Álvares de Azevedo, segundo o crítico Antônio Cândido, é "o gosto pelo prosaísmo e o humor, que formam a vertente para nós mais moderna do Romantismo".
 


Datas Comemorativas
 
Qui. 02/07 Dia do Hospital
Qui. 02/07 Dia do Bombeiro
Qui. 02/07 Início da Semana da Educação(1º semana)
Dom. 05/07 Dia da Preguiça
Sex. 10/07 Dia do Truco
Dom. 12/07 Dia do Engenheiro Florestal
Seg. 13/07 Dia da Mundial do Rock
Ter. 14/07 Dia da Liberdade de Pensamento
Ter. 14/07 Dia do Propagandista
Qui. 16/07 Dia do Comerciante
 


Mural de Recados
 
Mensagem para: .
Sabe não sinto mais nada lendo esses poemas.... antes me emocionava... agora não sinto mais nada... nem tristeza nem alegria... você me machucou muito.... não penso mais como antes que vivia pensando que um dia iamos nos encontra... agora eu sei que tudo acabou e sei que não quero te ver nunca mais... pq sofri demais... imagina vc me abandonou no alto da minha paixão por vc pra ficar com outra mulher.... senti muita dor... na época eu queria morrer... achava que aquela dor nunca ia passar... acho mesmo que não passou.... mas ela ta mais calma.... agora tenho outros plamos para minha vida onde vc não esta incluido.... vc diz que nunca me humilhou.... mas vc deixou eu percebe que vc tinha vergonha de mim... não existe humilhação maior.... bjus
.
 

Últimos 15 Poemas
 
» Extase de amor
» A ESPERO
» VACILEI
» A NOSSA ESPERA
» MARCAS DA VIDA
» VOCÊ
» APENAS COMO UM AMIGO SEU
» Ser Como Tu...
» "Meu coração entregar"
» distorcoes
» POR ISSO NÃO QUERO AMAR
» O TEMPO
» RECORDAÇÕES
» DEPENDENTE
» MEU VIVER
 


© Copyright 1998 - 2015 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.