A Chuva
Poema enviado por: Antônio Carlos Ramos
 
Hoje quando levantei pela manhã
A chuva lá fora caia sem parar
Olhei para o infinito
Nada além pude enxergar
O sol ardente, e o céu tão bonito
Os meus olhos não puderam alcançar
Assim e o senhor da minha vida
Não o vejo, e sei que aqui comigo ele esta

Olhando um navio em alto mar
Sobre as ondas a emergir
Aos poucos ele vai sumindo aos meus olhos
Mais ele não deixou de existir
Assim e o meu Deus, não posso ver
Mas em meu coração posso sentir
Ele me acompanha o dia inteiro
Zela pelo sono, quando vou dormir

Um novo amanhã me despertou
Trazendo esperanças ao meu coração
A chuva lá fora ainda não parou
Esta molhando a verde relva, e a plantação
Da janela fico olhando a chuva
Caindo e correndo pelo chão
Será mais uma noite sem estrelas
Mais uma aurora de grande realização.
 
Autor: tonyramos
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título A Chuva
Autor tonyramos
Categoria Reflexão
Cadastro 24/06/2017 03:42:11
Visitado 144 vezes
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2017 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.